Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Comportamento

Notícias | postado por: Mascarenhas

Um levantamento feito pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) indica que 25,3% dos adolescentes são dependentes moderados ou graves de internet. A pesquisa analisou mais de dois mil jovens de 15 a 19 anos de escolas públicas e privadas da região metropolitana de Vitória, capital capixaba. 

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, eles responderam a um questionário internacional, conhecido como Teste de Dependência de Internet, que é utilizado para verificar o vício digital. 

Além de medir o tempo gasto com a mídia, a avaliação confere de que forma ela impacta na rotina, emoções e relacionamentos dos usuários. Para especialistas e pais de jovens diagnosticados com esse quadro, é justamente esse impacto o principal indicador de quando o uso da internet se torna um problema para o adolescente. Bahia Notícias. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

As borracharias são comumente associadas a uma estética da vulgaridade, composta de fumaça de escapamento, graxa e pôsteres de mulheres nuas. O jovem borracheiro Gabriel Souza, 17, não poderia estar mais distante desse clichê.

Morador de Cabreúva, no interior de São Paulo (a 89 km da capital), ele trabalha com seu pai, José Mendes, na borracharia da família em Jundiaí, no bairro Eloy Chaves. Há aproximadamente três anos ele passou a se alimentar afobadamente na hora do almoço para ter um tempinho para praticar a fotografia, pela qual pegou gosto.

Gabriel prefere as cores vivas ao preto dos pneus e o metálico dos motores, e elas ganham primazia nos registros de flores, plantas e animais que ocupam suas redes sociais (no Instagram, seu usuário é o @souza_dk). Seu domínio do metiê tem evoluído, e após ter começado a fotografar com seu celular, ele adquiriu há cerca de um ano uma câmera profissional.

Em uma de suas primeiras saídas com o equipamento novo, no entanto, ele se tornou alvo de grupos de moradores do bairro Eloy Chaves.

Na segunda-feira, 30 de setembro, comeu rapidinho e correu para treinar fotografia em uma praça próxima à borracharia. "É bastante arborizada, rende muitos cliques", diz Gabriel à reportagem.

No dia seguinte, saiu para comprar um refrigerante nas redondezas da loja do pai e sentiu que estava recebendo olhares de reprovação. Imaginou que fossem por causa da roupa suja de graxa e de óleo e deixou para lá.

De volta à borracharia, encontrou-se com um cliente que mostrava uma lista de mensagens do grupo de seu condomínio. Nele, estavam fotos em que aparecia Gabriel fotografando, acompanhadas de mensagens em que ele era tratado como alguém com "comportamento suspeito".

"Quem encontrar esse rapaz por favor ligar para o 153 [Guarda Municipal], esse indivíduo está tirando foto das casas", dizia uma delas.

Um áudio atribuído ao vereador Antonio Carlos Albino (PSB) reforçava o coro: "Se vocês virem esse indivíduo pela rua, já liguem para o 153 porque a viatura da guarda já está tentando achá-lo pelo bairro. É um suspeito de estar filmando e tirando foto das casas aí."

Publicadas posteriormente, as fotos de Gabriel revelam que em sua mira não estavam as moradias dessas pessoas, mas a casa de um joão-de-barro na árvore. 

Gabriel começou a perceber movimentação incomum na vizinhança. Segundo ele, viaturas da guarda passavam e olhavam para dentro da borracharia, como se o estivessem procurando. Moradores miravam de soslaio. Um deles chegou a postar no grupo que havia visto "o suspeito" no ponto de ônibus.

Preocupado, ele foi a duas delegacias na companhia do pai e de seu professor de fotografia, Anderson Kagawa, 32. Em nenhuma delas conseguiu registrar um boletim de ocorrência.

"Eles disseram que não havia crime e se negaram a tomar providências. Em uma delas, sugeriram que eu tirasse uma foto com uma folha de papel sulfite com o meu nome escrito por extenso, para evitar problemas no futuro. Queriam me fichar", diz.

"Em outra delegacia, disseram que eu deveria ficar uma semana sem fotografar. Depois disso, deveria andar com um certificado de algum curso de fotógrafo, um crachá, nota fiscal da câmera, e andar acompanhado", afirma Gabriel.

"Tem preconceito envolvido, sim, na minha visão. O Eloy Chaves é um bairro que tem muitos fotógrafos, conheço vários deles, estão sempre pela rua, e isso nunca tinha acontecido, e eles são brancos."

Na visão de Kagawa, eles foram às delegacias para fazer o boletim de ocorrência de um crime e foram "tratados como bandidos."

Formado em administração de empresas e de mudança para o Japão para investir no mercado de cafés especiais, Kagawa diz que sabia, claro, que existe racismo no Brasil, mas nunca tinha visto nada do tipo de maneira tão próxima.

Foi ele quem vendeu a câmera profissional a Gabriel, há cerca de um ano. "Meu pneu furou e fui até a borracharia do pai dele. O José me disse que o filho dele gostava de tirar fotos. Rolou uma empatia muito grande, e empatia é tudo nessa vida. É uma família muito boa, honesta, são inteligentes", diz.

Ele então vendeu a câmera a um preço camarada para o garoto e colocou no pacote um tripé e outros complementos. Passou uma semana ensinando as manhas da atividade para Gabriel.

"Agora que eu estava empolgado, porque veria cada vez mais o resultado do que fizemos juntos, eu tive que ir para a delegacia com ele. Tive medo que aparecesse um justiceiro e fosse lá resolver com as próprias mãos na borracharia. Ou que ele fosse preso e enfiado em um camburão e eu estivesse já no Japão sem ter como explicar que ele tinha comprado a câmera de mim", explica Kagawa.

Nesta quarta-feira (9), Gabriel viajou para a capital para conversar com advogados e pensar em que providências tomar. Ele e seus familiares ainda estão decidindo o que fazer judicialmente nesse caso.

Procurado pela reportagem, o vereador Albino diz que a recorrência recente de crimes no bairro Eloy Chaves fez com que as pessoas ficassem assustadas e agissem assim. Segundo ele, não houve racismo.

"Ninguém fala em momento algum da cor dele. Ninguém diz que ele é branco, azul, rosa, verde ou qualquer outra coisa", afirma. De acordo com ele, imputar racismo a essas ações é obra de um adversário político seu na região que tenta "desconstruir" suas obras devido à proximidade das eleições de 2020. Ele diz que tomará as providências cabíveis na Justiça contra quem o acusar de racismo.

Segundo Albino, o garoto era um "desconhecido" que não mora no bairro e que, por tirar fotos das casas das pessoas, estava gerando temor. Sobre sua mensagem de áudio, ele diz não ter acionado a guarda, mas apenas sugerido que uma das moradoras, que estava muito assustada, fizesse isso.Foto: Reprodução / GazetaWeb Pré-título, Tvsaj. Matéria, Bahia Notícias. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

Blogueiro ainda escreve: “Advinha quem não falou absolutamente nada? Crivella, Malafaia, deputados do PSL, família, Bolsonaro, psicóloga que falou que sou má influência”.

O blogueiro Felipe Neto publicou um vídeo no Twitter, no sábado (5), em que mostra Sílvio Santos perguntando a uma criança: “Débora, o que você acha melhor, sexo, poder ou dinheiro?”.

A pergunta do apresentador do SBT é seguida de risos e aplausos da plateia.

Felipe Neto ainda escreve: “Advinha quem não falou absolutamente nada? Crivella, Malafaia, deputados do PSL, família, Bolsonaro, psicóloga que falou que sou má influência”.

Investigação

Um concurso de miss infantil promovido na semana passada pelo programa Sílvio Santos será apurado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo e pela Promotoria de Justiça de Osasco. A competição foi televisionada no dia 22 de setembro e recebeu inúmeras críticas, a exemplo de uma nota de repúdio divulgada pelo Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP).Foto reprodução. Metro 1.

Notícias | postado por: Mascarenhas


Proposta permite posse de armas sem comprovação de capacidade técnica, laudo psicológico ou negativa de antecedentes criminais
A proposta que aumenta os casos permitidos de porte de armas e diminui a idade para a sua compra pode ser votada pelo Plenário da Câmara dos Deputados a partir desta terça-feira, 8.

O Projeto de Lei 3723/19, do Poder Executivo, conta com um substitutivo do deputado Alexandre Leite (DEM-SP) que também determina o tema para atiradores esportivos e caçadores.

A proposta pretende diminuir a idade mínima para a compra de armas de 25 para 21 anos, permitir o porte de armas para os maiores de 25 anos que comprovarem estar sob ameaça, aumentar as penas para alguns crimes com armas, além de permitir a regularização da posse de armas de fogo sem comprovação de capacidade técnica, laudo psicológico ou negativa de antecedentes criminais.

De acordo com a Câmara de Deputados, essa regularização do registro da arma poderá ser feita em dois anos a partir da publicação da futura lei. O interessado deverá apenas apresentar documento de identidade, comprovante de residência fixa e prova de origem lícita da arma, dispensados ainda o pagamento de taxas, comprovante de ocupação lícita e ausência de inquérito policial ou processo criminal contra si.Foto: Luis Macedo | Câmara dos Deputados. Pré-título, aspeado, Tvsaj. Matéria, A Tarde. 

 
 

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

Um vídeo mostrando dois homens tomando banho dentro de buraco em uma via pública de Cachoeira, no Recôncavo, está circulando nas redes sociais. Nas imagens, registradas nesta quinta-feira (12), os rapazes, que seriam moradores da localidade, aparecem bebendo cerveja enquanto fazem piada da situação. 

A cratera localizada na rua Coronel Garcia, no Centro, teria sido causada por obras da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) para a regularização do abastecimento de água em diversos bairros, comprometido desde a última terça-feira (11). 

Procurada pelo Bahia Notícias, a prefeitura de Cachoeira alegou que o ocorrido não seria um caso isolado. Segundo a gestão, "a empresa tem causado constantes prejuízos à população cachoeirana tanto com relação à falta d'água, como os danos ao patrimônio causados pelo desqualificado serviço realizado de forma parcial e precária em diversas ruas da sede e zona rural da cidade". A Embasa teria ainda, sido notificada pelo município. 

A Embasa justificou a situação através de nota afirmando que "iniciou, ontem (12), uma intervenção no bairro Currais Velho, em Cachoeira, para realizar uma manutenção emergencial em equipamento da rede distribuidora de água". De acordo com a concessionária, no momento do registro que viralizou nas redes, os funcionários estariam no horário do almoço e o isolamento teria sido retirado de maneira indevida pelos moradores. O texto diz ainda que o serviço já foi concluído e a rua repavimentada nesta sexta-feira (13).Bahia Noticias

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

Comemorado nesta terça-feira, 10, o Dia de Luta Contra a Gordofobia é uma data para conscientizar a sociedade sobre a importância do respeito às pessoas gordas. Neste ano, o Movimento Vai Ter Gorda promove, às 18h30 desta terça, uma sessão solene na Câmara Municipal de Salvador para homenagear 20 pessoas pela atuação no combate à gordofobia.

De acordo com o artigo "O que é Gordofobia?", do site Voz das Comunidades, o termo significa uma aversão às pessoas gordas, em um contexto em que a magreza é exaltada como sinônimo de beleza e saúde. Conforme o artigo, ser magro não é sinônimo de saúde, assim como ser gordo não é sinônimo de doença.

"O corpo magro ainda é visto por muitas pessoas como um símbolo de beleza, principalmente nas redes sociais. Tento combater esse estereótipo de que o corpo gordo é doente e feio. Existem muitas mulheres gordas que são dançarinas, fazem exercício físico e ganham concursos de beleza Plus Size. As pessoas precisam entender que uma mulher gorda pode ser tão saudável e maravilhosa quanto uma mulher magra", afirmou a blogueira, Vivian Vieira, criadora do primeiro blog dedicado exclusivamente a moda plus size na Bahia, o Etiqueta GG.

Quando decidiu criar o blog, Vivian teve como maior desafio o preconceito das pessoas e a falta de atenção das lojas para o público gordo. Segundo ela, as tendências da moda em números maiores chegavam por último e as opções plus size adequadas eram bem poucas. Para a blogueira, o mercado de moda plus size está melhorando aos poucos, mas ainda tem muito para avançar.

Ter que passar na catraca do ônibus ou precisar viajar e lidar com o constrangimento de o cinto de segurança não fechar são algumas das dificuldades vividas pelas pessoas gordas no cotidiano. A coordenadora nacional do Movimento Vai Ter Gorda, Adriana Santos, contou, em entrevista ao Portal A TARDE, que a acessibilidade é uma das pautas mais urgentes. "Temos a questão da acessibilidade nas catracas dos ônibus, para que a pessoa gorda não seja obrigada a passar por algo que a machuca", relatou.

Para ela, ainda é necessário pensar em políticas públicas para atender a população gorda. "Precisamos de mais acessibilidade, mais oportunidades de emprego, mais representatividade na mídia e nos espaços de poder e criminalização da gordofobia", concluiu.

Aceitação

Aceitar o próprio reflexo diante do espelho é, para muitas pessoas gordas, um processo difícil e cheio de desafios. A blogueira Vivian Vieira contou que começou a engordar na pré-adolescência e que foi um momento complicado. "Eu não aceitava meu corpo, tinha dificuldades de encontrar roupas do meu tamanho e que me agradassem", lembrou ela, que já fez muitas "dietas malucas" e chegou a passar por um processo de engordar e emagrecer muito rápido, conhecido como 'efeito sanfona'.

Se cercar de mulheres gordas e inspiradoras foi o que ajudou Vivian a construir sua própria autoestima. "Hoje eu sou uma mulher que tem autoestima, me tornei mais confiante e menos tímida. Gosto de conversar com meus seguidores como uma amiga, debater sobre diversos assuntos e mostrar que juntos somos mais fortes", finalizou.

 
 

Notícias | postado por: Mascarenhas

Em 2018, o canal da Galinha Pintadinha ultrapassou em visualizações até mesmo grandes nomes da música mundial como Rihanna e Justin Bieber, ficando no ranking entre os mais populares do YouTube, e isto não foi à toa. Uma pesquisa divulgada em setembro de 2018 pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil mostrou que 85% das crianças e adolescentes com idades entre 9 e 17 anos são usuárias de internet, o equivalente a 24,7 milhões que estão nesta faixa etária em todo o País. Se em 2012, 21% das crianças acessaram a rede por meio do celular, em 2018 são 93%. O aumento impressionante do acesso tem preocupado cada vez mais os pais e profissionais que lidam com os pequenos e coloca em questão o possível vício infantil em celulares. O que fazer?

A neuropsicóloga Roselene Espírito Santo Wagner é uma das especialistas que tem estudado esta guinada no comportamento infanto-juvenil: “Precisamos considerar que a tecnologia, já está incorporada à vida. O celular hoje é mais que uma ferramenta, tornou-se uma dimensão humana muito frequentada. O smartphone hoje é mais que televisão, é “biblioteca”, é jornal, cinema, é playlist, dicionário. Estamos reféns dele. No entanto, embora seja inevitável a presença e o uso do celular no cotidiano, é necessário explicar e fazer a criança entender que a tecnologia é um meio para um fim, e não o contrário”. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

O juiz José Antônio Henrique da Silva, da 2ª Vara Criminal de Feira de Santana, será afastado das atividades por 90 dias, por decisão do Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Ele responderá a um processo administrativo disciplinar por violar a Lei Orgânica da Magistratura (Lomam) por causar diversos problemas no Fórum de Feira de Santana. Por receio de delitos, o TJ ainda suspendeu o porte de armas do juiz e vai submetê-lo a um exame de sanidade mental. Segundo a sindicância, ele ameaçava servidores, colaboradores e até vendedores ambulantes. Ele ainda costumava mostrar a arma para intimidar as pessoas. A decisão de afastá-lo foi tomada na quarta-feira (24), em sessão plenária. 

O juiz é acusado de um rosário de infrações disciplinares: problemas com audiências de custódia, assédio moral, porte de armas de fogo em público, desrespeito às determinações da administração do fórum, afronta às instituições públicas, injúrias e grosserias contra o Poder Judiciário, falta de cortesia com colegas, servidores e advogados, e até condução de audiência por Whatsapp. De acordo com a corregedora, a sindicância foi aberta contra o juiz no final de 2018. Desde dezembro, ele tem pedido diversas licenças médicas, tendo voltado a trabalhar há duas semanas. Por conta disso, a sindicância não tinha sido colocada para julgamento antes. 

O advogado João Daniel Jacobina, que defende o magistrado, pediu para que ele não fosse afastado do cargo para não refletir na gestão da Justiça, pois a vara em que o juiz é titular tem 50 réus presos e um acervo de três mil processos. Com o afastamento, um substituto ficaria sobrecarregado com a demanda. Também afirma que o relatório foi entregue em dezembro, e que o julgamento acontece sete meses depois. Diz que, neste tempo, não houve nenhum fato novo contra José Henrique da Silva e também questionou se, de fato, as acusações ocorreram. 

No voto da corregedora, ela relatou que, em novembro, o juiz realizou uma audiência de custódia, iniciando às 12h do dia 28, finalizando às 5h do dia 29. Nesse tempo, afirmou que não havia efetivo da polícia para fazer a segurança e não forneceu nenhuma alimentação aos agentes da portaria e outros colaboradores. Ele foi acusado de presidir uma audiência através do Whatsapp. Ao mesmo tempo que ele presidia uma audiência no foro por meio do seu celular, ele participava de uma reunião do Comitê Interinstitucional de Segurança Pública (CISP). O próprio magistrado admitiu o fato durante a reunião.

Outra acusação versa sobre ele ter falado com frequência que a Vara Criminal de Feira de Santana não funcionava, atacando o diretor do fórum, juiz Antônio Gomes de Oliveira Neto. Ele dizia que, quando se tornasse diretor, “as coisas seriam diferentes”. José Henrique foi acusado de dar ordens aos servidores sem autoridade para isso. O diretor do fórum afirmou que o magistrado determinou a retirada da divisória de madeira que separa a área reservada do salão do júri do auditório, pois, em suas palestras, “precisava andar de um lado para o outro, e a divisória atrapalharia”. Mesmo não tendo autoridade para isso, ordenou a mudança no local. Um policial militar contou que o sindicado disse que “mudaria o comando da PM” quando fosse diretor do fórum. 

Na sindicância, foi dito que o juiz exigia dos agentes de portaria que ficassem até o final das audiências, e que em uma delas a sessão foi encerrada às 4h da manhã. Também exigia que os agentes fiscalizassem o estacionamento e não deixassem carros estacionarem, sendo uma orientação diversa à dada pela direção do fórum. Uma servidora também narrou que José Henrique queria, de qualquer modo, que as duas árvores na frente do fórum fossem retiradas e que fosse proibido o estacionamento de carros entre elas. 

O juiz também foi acusado de praticar assédio moral contra servidores e colaboradores da unidade judicial. Ele sempre ordenava que os agentes não deixassem motoristas estacionarem no perímetro do foro, sob risco de demissão. Segundo o relato, quando deu essa ordem, “o juiz estava armado e manuseava a arma de uma mão para a outra.” Com isso, o servidor se sentiu intimidado, pensando até em abandonar o trabalho. José Henrique também teria obrigado as recepcionistas a recolher todos os bonés das pessoas que adentrassem ao foro. “Quando elas informaram que não tinham como controlar essa questão, foram ameaçadas de demissão”, relatou a corregedora. Ele chegou a expulsar uma senhora que vendia balas e um vendedor de caldo de cana, que ficavam embaixo de uma árvore próxima ao portão de entrada do foro. 

"SINCERICÍDIO"

O juiz também foi acusado de fazer declarações públicas desrespeitosas ao TJ-BA. A um advogado, o sindicado afirmou que o Tribunal de Justiça da Bahia é um “dos piores do país” e que, em outro episódio, ao receber uma carta precatória de outra comarca, ligou para a juíza e perguntou a ela quantos anos tinha de magistratura. Em resposta à magistrada, ele disse: “bem-vinda à bagunça”. A um advogado, afirmou que ganhava R$ 30 mil por mês, que se aposentaria em cinco anos, e chamou todos os juízes baianos de “preguiçosos”, dizendo que não gostam de trabalhar. Já a um defensor público, o juiz teria dito que, no Estado da Bahia, “as coisas são feitas para dar errado” e classificou o TJ como um “faz de conta generalizado”. Em uma reunião do CIPS, com delegados, deputados, gestores municipais, promotores e defensores públicos, o juiz interrompeu a fala do capitão da PM e fez comentários depreciativos ao sistema Judiciário da Bahia. Ao criticar a desativação de comarcas, afirmou que o estado de Sergipe é organizado e pequeno. “Do que adianta ser grande, desorganizado e sem estrutura?”, questionou. Para Lisbete, a postura esperada de um magistrado em reunião com diversos segmentos era de defender “o aparelhamento estatal” e propor medidas para aperfeiçoá-lo. 

FALTA DE URBANIDADE

A corregedora relatou que o juiz criticou professores de Direito, magistrados e advogados durante suas audiências. Em uma delas, ele olhou para o anel de formatura de um colega e disse que “isso era uma idiotice criada pela sociedade” e que, se fosse advogado, “não seria advogado de audiência de ‘custodiazinha’ não”. O advogado se revoltou e disse ao juiz que ele ganhava mais do que o magistrado para fazer aquela audiência. Com isso, José Henrique o expulsou da sala e declarou que a audiência dele seria a última do dia. No extenso voto, a relatora contou ainda que a mãe de um preso estava chorando do lado de fora da audiência com outro juiz. Ele saiu da sala e disse para a mulher calar a boca, “pois ali não era casa de família para ela ficar chorando por causa do bandido”. Ele também expulsou a mulher do fórum. 

JUIZ PARCIAL

Ainda no voto, Lisbete Teixeira narrou que o sindicado, enquanto magistrado de Chorrochó, afastou o prefeito da cidade por contratar dois funcionários mortos. Mas o prefeito voltou ao cargo depois, através de eleição. Quando já não atuava mais na cidade, disse em uma entrevista que, se voltasse para a comarca, “afastaria novamente o prefeito”. Entretanto, dias antes dessa entrevista, procurou o assessor da Presidência do TJ-BA se oferecendo para voltar a atuar em Chorrochó. A corregedora considerou que José Henrique tentou “manipular” sua ida para a cidade para julgar novamente o prefeito. 

RECEIO DE REITERAÇÃO

Para Lisbete Teixeira, o afastamento do cargo é necessário até o julgamento final do processo administrativo disciplina, porque as atitudes do juiz são preocupantes. “Ele sentou num banquinho, na calçada do Foro de Feira de Santana, e assistiu ao rapaz tirar a árvore que ele mandou cortar. Então é uma coisa da gente se preocupar”, declarou. Lisbete também declarou que a esposa do magistrado esteve em seu gabinete e falou dos problemas dele, inclusive que cogitou divórcio. O receio da corregedora é a possibilidade dele voltar a cometer os atos. Ela lembrou que ele já respondeu a outros processos administrativos, e em um deles a ação foi julgada procedente por unanimidade. “Nestes termos, diante do quadro probatório produzido, abrindo probabilidade de reiteração do cometimento de infrações disciplinares graves; e a fim de preservar a instrução processual, a manutenção da ordem administrativa na comarca de Feira de Santana, e a imagem do DCA, eu recomendo que seja proposto o afastamento do magistrado Antônio Henrique das suas funções pelo prazo inicial de 90 dias”, votou. 

O pedido de suspensão do porte de armas do magistrado foi feito pelo desembargador Júlio Travessa, diante das ameaças reiteradas e tentativas de intimidação das pessoas que transitavam no fórum. O desembargador José Rotondano, indignado, afirmou que “não houve um único artigo do Código de Ética, nenhum artigo da Lomam que não tivesse sido violado”, e disse que ele tem “equilíbrio zero”. “Ele precisa se tratar urgentemente. Até pessoas do povo ele ameaçou. Ameaçou até um vendedor de caldo de cana”, reclamou. “Será que o tribunal vai esperar que o magistrado cometa um crime para adotar as providências necessárias?”. Para a desembargadora Ivete Caldas, o comportamento do juiz se amolda à de um “justiceiro” e há uma preocupação com a saúde mental do magistrado. Por isso, ela pediu o exame de sanidade mental para que ele continue no exercício da magistratura.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Um vlogger chinês com o sobrenome Sun fez o que todo mundo pede para que as pessoas não façam em casa e o resultado foi trágico: ele ingeriu insetos e lagartixas venenosas e morreu durante uma transmissão ao vivo. Segundo a mídia chinesa, ele tinha 35 anos e queria aumentar a base de seguidores de sua plataforma, que tinha 15 mil fãs.

Para fazer sua live, Sun usou o DouYu, um dos maiores serviços de streaming da China — o YouTube não é liberado por lá, mas o funcionamento é bem semelhante. O desafio mortal consistia em girar uma roda marcada com vários itens, incluindo lacraias, lagartixas, larvas de farinha, vinagre, ovos, cerveja e licor. A coisa toda era simples: ele ingeria o que a roleta indicasse, ao parar de virar. Sua última sessão ao vivo foi na quinta-feira passada (18), às 17h45 (horário local), quando ele se registrava comendo centopéias e lagartixas venenosas, em tempo real, e depois simplesmente deixou de aparecer no vídeo.

De acordo com relatos de vizinhos, Sun foi encontrado em seu apartamento em Hefei, na província de Aunhui, no sábado (20), quando sua namorada foi visitá-lo e encontrou-o inconsciente sem seu quarto, sem sinais vitais. Autoridades investigam a causa da morte e os vídeos foram removidos do DouYu. Segundo a mídia chinesa, ele tinha 35 anos e queria aumentar a base de seguidores de sua plataforma, que tinha 15 mil fãs. Youtuber morreu após comer insetos e lagartixas venenosas. Imagem: reprodução da Internet. Tvnoticias24horas.

Notícias | postado por: Mascarenhas

No Brasil há quase três anos, a médica cubana Maydelkis Ferrer tem vendido espetinho de churrasco para conseguir se manter, depois da saída dos profissionais do país no Programa Mais Médicos.
Maydelkis é natural da cidade de Morón, que fica na província Ciego de Ávila, em Cuba. Hoje, ela mora em Jacobina, no norte da Bahia, e não pretende ir embora do Brasil. A médica se casou com um baiano no ano passado, com quem divide a vida e a nova ocupação.

"Prefiro fazer um trabalho honesto do que ficar parada, sem roubar ninguém e pagando minhas contas. Eu vendo espetinho com meu esposo até conseguir um emprego melhor. E também conto com a ajuda de minha sogra", contou ela ao G1.

Ela lembra que quando chegou em terras brasileiras, em agosto de 2016, passou cerca de 60 dias em Brasília, em acolhimento pelo programa Mais Médicos.
"Eu esperei também a documentação com a Polícia Federal para ter uma estadia legal no país. Logo fui estabelecida na Bahia, no município de Jacobina. Eles [governo] nos colocaram no local em que íamos a trabalhar".
A médica conta ainda que trabalhou junto com outras quatro cubanas, em várias unidades de saúde da cidade, inclusive substituindo médicos brasileiros quando eles saíam de férias.

"Passei todo o tempo de duração do programa aqui [Jacobina]. Trabalhei em seis postos de saúde no município, prestando ajuda quando os médicos saíam de férias, mas sem abandonar o meu posto", disse. 
Adaptada na cidade, Maydelkis lembra que não foi difícil se adequar ao local. Para ela, os baianos são receptivos.
"Jacobina é uma cidade muito acolhedora. Aqui eu tenho muitas amizades que me apoiam. Parece muito com Cuba esta área. Logo em um ano [de chegada na cidade], eu conheci a pessoa que hoje é meu esposo. Começamos a namorar, até que ficamos noivo e casamos", relembra.

Médica cubana casou com baiano durante estadia no Brasil por conta do programa Mais Médicos — Foto: Arquivo pessoal

Apesar da hospitalidade baiana, a médica fala também sobre o preconceito que os profissionais cubanos sofreram, além dos ataques de xenofobia.
"Ainda temos que escutar de muitas pessoas, nas redes sociais, que muitos de nós cubanos que estávamos no programa não éramos médicos. Inventavam que éramos enfermeiros ou veterinários em Cuba. Muitos comentários absurdos, mas eu não presto ouvidos a essas coisas. Sou uma pessoa que vou para frente sem escutar comentários que me deixem abatida", disse ela.

Revalida

Maydelkis e colegas durante atendimento à população de Jacobina — Foto: Arquivo pessoal

Depois que o governo de Cuba decidiu sair do programa em novembro de 2018, citando "referências diretas, depreciativas e ameaçadoras" feitas pelo presidente Jair Bolsonaro – eleito na época –, Maydelkis chegou a voltar para seu país. 

"Eu fui à Cuba e pedi minha liberação de saúde, aí eu voltei ao Brasil para continuar minha vida como tinha programado. Só não deu certo a questão do emprego, que prometeram dar trabalho para nós, para todos os médicos cubanos que ficassem, e não aconteceu assim. Ainda não tem um projeto para a gente, não colocam data para fazer o Revalida", pondera. 
O Revalida é o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos, que médicos brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil, que tiveram diploma de graduação em instituições estrangeiras, precisam fazer para terem a graduação reconhecida. 

"A gente procura trabalho porque tem o diploma de médico, só que aqui tem que fazer o Revalida. Não podemos exercer [a profissão], e não encontramos trabalho porque as pessoas ficam com vergonha de contratar um médico em uma loja, uma farmácia", lamenta. 
Enquanto segue trabalhando como ambulante, Maydelkis mantém a esperança de voltar a trabalhar como médica no Brasil.
"O governo brasileiro diz que está aguardando uma medida provisória para regularizar os médicos cubanos pela parte jurídica. Eu acho que logo que vai ter uma proposta de trabalho para nós, tenho fé que vamos voltar a trabalhar", disse. Pré-t~´itulo, Tvsaj. Publicação G1. Fotos, Arquivo pessoal. 

Maydelkis durante atendimento à população de Jacobina — Foto: Arquivo pessoal

Notícias | postado por: Mascarenhas

O presidente Jair Bolsonaro reafirmou, em transmissão ao vivo no Facebook ontem (18), a intenção de indicar o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ao cargo de embaixador nos Estados Unidos.

“Pretendo beneficiar um filho meu, sim”, disse. “Se eu puder dar um filé mignon para o meu filho, eu dou, sim”, acrescentou o presidente.

Ele também voltou a defender que seu filho está preparado para o cargo. O pronunciamento foi feito ao lado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes Freitas, do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ) e de uma tradutora de libras.

“[Eduardo] Integra o Grupo de Lima, esteve várias vezes nos países que lutam pela volta da normalidade na Venezuela, fala inglês e espanhol”, disse o presidente.

Bolsonaro ainda negou, mais uma vez, que a indicação seja nepotismo. Ele ressaltou que a função de um embaixador, além de servir como “cartão de visitas” de um país, é “fazer o meio de campo” entre duas nações.Pré-título, Tvsaj. Foto, reprodução facebook. Matéria, Metro 1. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

A OLX, maior site e aplicativo de compra e venda online do Brasil, apresenta sua nova campanha de marca estrelada pela Iza. A artista foi escolhida para compartilhar a sua trajetória e revelar o que precisou desapegar e apegar ao longo da vida para seguir os seus sonhos, gerando link com o modelo de negócios da plataforma, e incentivando que outras pessoas também contem suas histórias de apegos e desapegos. A comunicação é 360º, voltada para o ambiente online, e tem a participação ativa da cantora e em breve de seus fãs nas redes sociais.

Partindo do conceito A vida é feita de apegos e desapegos, a campanha assinada pela SunsetDDB mostra que a OLX quer fazer parte da jornada de compra e venda dos usuários, e que a plataforma pode ajudar a realizar seus sonhos e desejos. “Queremos mostrar que a OLX pode estar presente nas diversas fases da vida. Apegar e desapegar é o que a IZA e milhares de brasileiros fazem todos os dias, o que é importante para alcançar novos objetivos”, afirma Sandra Montes, diretora de marketing da OLX Brasil. 
O filme manifesto de 60 segundos que abre a campanha se passa num estúdio onde imagens da IZA, em diferentes momentos da vida, são projetadas na parede. A cantora revela, por exemplo, que na infância precisou desapegar do Rio de Janeiro e se mudar para Natal (RN), onde teve contato com a música no coral da escola. A volta à sua cidade foi marcada pelo medo do futuro e ela se apegou aos estudos, à formação acadêmica e até a um emprego fixo. Depois disso, finalmente decidiu se apegar ao que mais amava: cantar. Fonte OLX Brasil. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

O padre Marcelo Rossi sofreu um ataque na tarde desta quarta-feira (14) enquanto celebrava uma missa em um evento para jovens da Canção Nova. Um vídeo extraído da transmissão da missa flagra o momento em que uma mulher, ainda não identificada, invade o espaço onde o padre dava o sermão e o empurra do palco. A reação dos fieis é imediata, com muitos gritos. De acordo com o G1, Marcelo Rossi não ficou ferido e voltou ao palco minutos depois para continuar a celebração. A PM informou que a ocorrência está sendo feita pela Canção Nova, porque o Padre Marcelo Rossi decidiu não registrar a agressão. Segundo acompanhantes, a mulher, que tem 40 anos, sofre de transtornos mentais.Vídeo, Youtube, Wemerson Schneider.Foto reprodução Youtube. Matéria, Metro 1. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

Pablo Rezende, Secretário de Polítifas Especiais.As campanhas cumprem o papel de conscientizar a população e, em período de festa, intensificamos a divulgação dessas ações para que as pessoas se divirtam respeitando o seu próximo.

#SãoJoãoDeCruzDasAlmas #ArraiáDaCulturaPopular #FestaForróEtradição #GovernoDoPovo
#PrefeituraDeCruzDasAlmas

Notícias | postado por: Mascarenhas

O deputado e filho do presidente da República Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), publicou um vídeo nas redes sociais em que uma criança aparece segurando uma arma. A legenda usada por ele ironiza a disponibilidade de escolta policial para os senadores que foram alvos de ataques pelo voto contrário ao decreto que flexibilizou o porte de armas no país (leia aqui). 

"Esse vídeo provavelmente foi gravado nos EUA ou Suíça, Países altamente armados. Ainda Bem que estamos no Brasil e aqui além do desarmamento contamos com a proteção de nossos senadores!", publicou. 

Segundo o Estadão, no vídeo publicado pelo deputado, o rosto do menino não foi borrado e a identidade não foi preservada. O garoto aparecia empunhando um rifle e cantando. Eduardo Bolsonaro apagou o vídeo em seguida. Foto reprodução Twitter. A Tarde

Notícias | postado por: Mascarenhas

A jovem Isabela Tibcherani, namorada do ator Rafael Miguel, afirmou, em entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo, que sofria diversas agressões de seu pai, Paulo Cupertino Matias. No último dia 9, Paulo matou a tiros o ator e os pais dele, João Alcisio Miguel, 52, e Miriam Selma Miguel, 50, porque não aceitava o relacionamento do jovem com sua filha.

"Após descobrir o namoro, ele disse que devia ter dado um tiro na minha cabeça e da minha mãe quando eu nasci", disse Isabela, em entrevista exibida ontem (16). A jovem relatou que o pai não queria que ela se relacionasse com ninguém. "Ele já quebrou um prato na minha cabeça, já me chutou no chão, já me jogou em uma cama que quebrou quando eu caí... Várias coisas", desabafou a jovem, que confessou sentir medo do pai. "Quero muito que ele seja pego. Quero me sentir segura", pediu.

Notícias | postado por: Mascarenhas

O governo Jair Bolsonaro (PSL) vai enfrentar nesta sexta-feira (14) o primeiro bloqueio de rodovias em todo o país, durante a greve geral contra a reforma da Previdência. Movimentos sociais que integram a Frente Povo Sem Medo planejam obstruir o tráfego de veículos em rodovias estaduais e federais e em grandes avenidas de capitais em ao menos nove estados. 

Conforme publicou o jornal Folha de S.Paulo nesta quinta-feira (13), líderes de esquerda e sindicalistas têm a expectativa de que a adesão à greve vai superar a de 28 de abril de 2017, contra as reformas do governo Michel Temer (MDB).

A polêmica em torno do ministro da Justiça, Sergio Moro, após as revelações do site The Intercept Brasil, deve ser explorada nas manifestações contra o governo.

O corte de recursos para a educação, que foi principal mote de protestos nos dias 15 e 30 de maio, e os altos índices de desemprego que persistem nos primeiros meses do mandato de Bolsonaro, também serão explorados pelos grevistas.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Na entrevista que deu à Record TV, Najila mostra fragilidade, tensão, medo. Sua acusação de estupro a Neymar precisa de provas. E elas não apareceram. Najila Trindade é mulher atormentada.Esta a conclusão da entrevista exclusiva que deu para a Record TV, neste domingo.
Revela que, nestes dez dias que se sucederam ao Boletim de Ocorrência, que lavrou acusando Neymar de estupro e agressão, sua vida virou um pesadelo.

Não está resistindo à pressão por ter lavrado Boletim de Ocorrência acusando Neymar de estupro e agressão.Principalmente porque, até agora, não conseguiu apresentar provas que sustentem as gravíssimas acusações. 
Najila se mostrou fragilizada na entrevista. Desabou diante de tanta pressão
Reprodução/Record TV
"Acreditei na lei. Achei que meu nome iria ficar em sigilo, que seria tudo resolvido pela lei. Eu confiei na lei. Apenas nisso. Jamais imaginei que fosse entrar na internet e estar exposta lá para todo mundo. Nunca imaginei. Até por que isso é um crime.

"Eu me dopei. Tomei remédio. Tomei muito remédio e vivi na base da medicação. Quando acordava, vinham uns flashes das pessoas falando coisas sobre mim, sobre a minha família. E cada vez queria me dopar mais porque está tudo destorcido, está tudo errado. A minha vida virou do avesso. Eu tento gritar, mas ninguém me escuta.

"Não estou nem me sentindo acusada, mas invadida. As pessoas estão invadindo a minha vida, a vida da minha família e não há necessidade disso. Estou me sentindo como... Não consigo nem expressar, não consigo nem achar palavra para isso.



Notícias | postado por: Mascarenhas

Um bebê recém nascido aos setes meses de gestação morreu após ser jogado do 10º andar de um prédio da cidade de São Paulo na madrugada desta sexta-feira (7). Segundo a Folha de S. Paulo, uma estudante de direito de 18 anos é a suspeita de cometer o crime.

De acordo com o 42º DP, o bebê, já formado, do sexo feminino, foi encontrado por uma faxineira, por volta das 7h, no parquinho de um prédio vizinho.

Conforme apurado pela Folha, a estudante afirmou que entrou em trabalho de parto, por volta das 20h de quinta. Após dar à luz, a jovem escondeu a placenta no ralo do banheiro e, logo após a meia-noite, arremessou o bebê pela janela.

A polícia investiga se a criança morreu após a queda do prédio, no choque contra o vaso sanitário, ou que tenha nascido morta. 

Os familiares tomaram conhecimento da gravidez, de acordo com a polícia, somente depois de encontrarem a placenta no banheiro. A família encaminhou a estudante até o hospital João 23, onde ela permanecerá por 48 horas em observação. Durante este período, ela poderá ser submetida a uma audiência de custódia. 

O bebê apresentava ferimentos na cabeça. Exames vão determinar se o parto foi natural ou por aborto. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

Uma esposa traída pode obter na Justiça o direito de receber indenização por danos morais do marido, de acordo com o juiz baiano Pablo Stolze Gagliano, especialista em Direito Civil. A informação foi dada durante o programa Jornal da Cidade - II edição, na Rádio Metrópole, apresentado por José Eduardo, na noite desta quinta-feira (6). 

“Dentro de um casamento, quando o homem trai, e a esposa descobre. Ela pode pedir o divórcio, mas pode processar por violação ao direito da personalidade dela. Ela pode pedir indenização por dano moral e vice-versa. Quem pula a cerca pode ser processado”, disse o juiz do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). 

Na oportunidade, Stolze também falou sobre a possibilidade de amante ter direito a receber pensão. “Amantes não têm direitos de pessoas casadas no Brasil. Mas, cada caso é um caso. O Supremo Tribunal de Justiça, em geral, não concede direito para amante. Entende que não tem direito de esposa e marido. Todavia, a vida é muito complexa. Os ministros abriram uma exceção”, detalha. O caso citado pelo magistrado é sobre um homem que mantinha uma relação com a amante há 40 anos.Foto Mateus Simoni. Metro 1

Contrato de Namoro
O Contrato de Namoro, quando um casal de namorados que não possui intenção de formar uma família quer garantir a proteção de seus bens patrimoniais, pode não ter validade diante da Justiça. O juiz explica que muitos fazem isso para evitar as consequências de uma união estável. “Se o juiz entende que você está em uma união… Já era”, no entanto, ele ressalta que “é improvável o juiz reconhecer união estável em tempo curto”.

Fim de namoro
Outro assunto discutido durante a entrevista foi se o fim de um namoro gera indenização. “Fim de namoro não gera responsabilidade civil. Fim de namoro dói mais do que descobrir que o nome está negativado no SPC, mas não gera indenização”, alerta.

Notícias | postado por: Mascarenhas

A mulher que acusa Neymar de abuso sexual afirmou ter sido vítima de agressão e estupro no quarto do hotel em que estava com o jogador, em Paris, no dia 15 de maio. Najila Trindade Mendes de Souza concedeu entrevista ao SBT, nesta quarta-feira (5).

"Eu fui vítima de estupro. Agressão juntamente com estupro", disse. Najila diz ter alertado Neymar que não queria ser penetrada, já que ele estava sem preservativo. Ela afirmou que o atleta da seleção brasileira a agrediu e ignorou seus apelos. É a primeira declaração pública da suposta vítima desde que o caso foi revelado, no sábado (1º). Ela contou ter conhecido Neymar por meio de redes sociais e foi convidada para ir à capital francesa encontrá-lo.

"Eu conversei com ele com intuito sexual. Era um desejo meu. Ficou até claro para ele isso. Ele perguntou quando eu poderia ir. Disse: 'No momento, não posso por questões financeiras'. Não poderia ir. Também por agenda do meu trabalho. E daí ele sugeriu: 'Eu posso resolver isso'", afirmou.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Por Francis Juliano, Bahia Notícais. Foto Tvsaj.com.br, reprodução Youtube

O prefeito de Conceição do Almeida, no recôncavo baiano, Adailton Campos Sobral, responderá um processo sobre acusação de fraude em licitações na Comarca local. A decisão, publicada nesta quarta (4), é do desembargador Aliomar Silva Britto, do Tribunal de Justiça da Bahia. Adailton Sobral, o “Ito de Bêga”, é acusado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA), de contratar, em 2009, serviços de locação de veículos, sem licitação.

O montante é de R$ 591,3 mil. O MP-BA diz que o gestor teria autorizado a contratação por meio da modalidade carta convite, dando aparência de regularidade para desviar verba pública em benefício de terceiro. Como o caso ocorreu em 2009, em mantado diferente do atual, o desembargador encaminhou o caso para a Justiça local. O magistrado segue a orientação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Desde maio do ano passado, o Supremo Tribunal Federal decidiu que agentes públicos, como prefeitos, só têm direito a foro especial [o foro privilegiado] quando as acusações se referem ao mandato em vigor e em razão dele. Além do gestor, também responderá pelo mesmo processo o então presidente da Comissão Permanente de Licitação à época, Egberto de Almeida Cardoso. Bahia Notícias

Notícias | postado por: Mascarenhas

Um homem foi preso em flagrante após filmar intimidades de moradores de um condomínio no Cabula, em Salvador, no final da noite deste sábado (1°). Segundo a Polícia, as imagens eram feitas através de um drone. O fato ocorreu na localidade da Alameda Bela Vista. Conforme a Polícia Militar, via G1, o suspeito, ainda não identificado, também tinha gravações de adolescentes. 

O homem foi detido depois que moradores acionaram a PM. Ainda segundo a Polícia, o acusado e os equipamentos foram levados para a Central de Flagrantes, na região do Iguatemi, onde a ocorrência foi registrada. Não há informações se ele permanece preso neste domingo (2). Foto Google Maps. Bahia Noticias. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), em almoço com caminhoneiros em Goiás, destacou os avanços feitos em seu governo para que a categoria tenha acesso à armas de fogo. Ele também se comprometeu a acabar com os radares móveis, aumentar a validade da carteira de motorista e extender o limite de pontos para 40.

“No decreto, eu acabei com a comprovação da efetiva necessidade. Por enquanto, está um pouco caro ainda, mas vamos diminuir isso aí. Mas já abriu as portas, dá entrada… Tem um tempo de dois ou três meses para conceder o porte. Eu coloquei lá como profissão de risco (caminhoneiros). Quanto mais arma, mais segurança. Se tiver arma de fogo, é para usar”, ressaltou o presidente.Pré-t~´itulo, aspeado, Tvsaj. Foto Fábio Pozzebom. Matéria, Metro 1

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

A atacante Marta tem um novo amor. Após terminar o namoro de mais de quatro anos com a sueca Jessica Barklund, uma loira de parar o trânsito, a atacante, eleita pela sexta vez a melhor do mundo, engatou um novo romance. Marta está namorando a colega de time Toni Deion Pressley desde o fim do ano passado.

Toni e Marta jogam pelo Orlando Pride, da Flórida, onde se conheceram. Enquanto a brasileira atua no ataque, a americana de 29 anos joga na defesa. O relacionamento já não é segredo para os amigos e a família de Marta, que trouxe em abril Toni para passar férias em Maceió, Alagoas.  
Em 19 de fevereiro, data em que as duas fazem aniversário, Marta fez questão de postar uma foto das duas e a mensagem: “Feliz aniversário! Te desejo tudo de melhor nessa vida e que continue sendo essa pessoa maravilhosa !”, escreveu ela nas versões português e inglês.

Notícias | postado por: Mascarenhas

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-BA) prorrogou, até o dia 19 de maio, o período de inscrições para o processo seletivo simplificado para contratação de professores da Educação Profissional, sob o regime especial de direito administrativo (REDA). 

A UNEB, através do Centro de Processos Seletivos (CPS), realiza o certame, que disponibiliza 295 vagas para contratação imediata (veja oportunidades por Núcleos Territoriais de Educação e eixos tecnológicos). Também haverá formação de cadastro reserva, conforme prevê o edital de seleção (veja atualização do cronograma). 

As inscrições devem ser realizadas, exclusivamente, pelo site www.selecao.uneb.br/educprofissional. O pagamento da taxa de inscrição de R$ 100 deve ser efetivado até a data expressamente determinada pelo boleto bancário. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

Um médico ginecologista e obstetra de Vitória da Conquista, no sudoeste do Estado, identificado como O.  Júnior, está sendo acusado de assediar pelo menos 24 mulheres durante atendimento médicos ginecológico, na rede pública e privada, na cidade.  

As vítimas fizeram a denúncia na Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), nesta segunda-feira (13), onde relataram os supostos assédios, denunciados primeiramente por meio de um perfil na rede social Instagram, criado por uma mulher na sexta-feira (10), segundo o jornal Correio. 

No perfil, uma das vítimas fez um relato e, ainda segundo o veículo, desde então, a página tem recebido vários outros relatos de supostos assédios por parte de O.Júnior. As mensagens também surgiram com apoio de mulheres de outros estados, que estão compartilhando as informações em suas respectivas contas na rede social. 

Através da defesa, Orcione Júnior, rebateu as acusações. Em nota, a OAB diz que as 24 mulheres “solicitaram uma audiência com a diretoria da Ordem e com as Comissões da Mulher Advogada e dos Direitos da Mulher e, nessa ocasião, reivindicaram apoio e providências, a fim de que sejam adotados procedimentos de investigação acerca de notícias já veiculadas nas redes sociais”.Imagem Ilustrativa. Reproduççao Stock Images. Matéria, Bahia Noticias. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

O ex-deputado federal Luiz Carlos Bassuma (PTdoB) se defendeu da acusação de que estuprou a filha adotiva de 4 anos. O caso foi divulgado nesta terça-feira, 14, no programa "Que Venha o Povo", da TV Aratu, no qual a mãe da menina relatou o abuso cometido pelo político.

Na útlima última sexta, 10, o Ministério Público (MP-BA), por meio da promotora de Justiça, Eliana Bloizi, ofereceu denúncia contra o ex-deputado federal. O inquérito foi encaminhado pela Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca).

Por meio de nota, a assessoria do político diz que trata-se de uma "denúncia criminosa" desferida pela ex-esposa. "A denunciante senhora Ayla, inconformada com a separação e num triste gesto de vingança, usa a filha adotiva do ex-casal, provocando mais traumas com essa criminosa e falsa denúncia".

Ainda de acordo com a nota, um processo contra ele sobre abuso sexual da menina já havia sido arquivado em dezembro de 2017. "Luiz Bassuma é um senhor honrado e de conduta ilibada, que está há mais de 500 dias sem ver a filha, porque a denunciante está há 4 meses 'foragida', descumprindo 3 mandados de busca e apreensão emitidos pela 7° Vara de Família".

Notícias | postado por: Mascarenhas

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) julga hoje (13) o pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Michel Temer.O habeas corpus deve começar a ser analisado pelos magistrados às 14h.

Na mesma sessão, também será analisado o pedido de liberdade do coronel reformado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, o coronel Lima.A Sexta Turma do STJ vai decidir se concede ou não uma decisão liminar, de caráter provisório, para soltar Temer e o coronel Lima.

Independentemente do resultado de hoje, os dois pedidos de liberdade devem ser discutidos pela Sexta Turma em outra oportunidade, de maneira definitiva.Pré-t~´itulo, Tvsaj.Foto, Walter Campanato, Ag. Brasil.  Matéria, Metro 1. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

Mulheres jovens atraídas por homens mais velhos – e vice-versa: por muito tempo, essa configuração ficou restrita ao mundo das celebridades. Mas parece que de vez em quando vemos mulheres cada vez mais jovens em uma relação com homens mais velhos em nossas vidas cotidianas. Alessandra Graf (24), fundadora do site victormi***.com.br, tem um conselho simples para seus usuários: não pense muito sobre isso. Apenas vá em frente!

Sua plataforma conecta mulheres jovens com homens maduros. Todos podem se inscrever gratuitamente. A plataforma oferece um recurso exclusivo para homens: eles precisam responder a algumas perguntas curtas antes de se inscreverem. Esta característica especial torna a plataforma atraente para as mulheres mais jovens que estão cansadas de pessoas estranhas e nerds em plataformas de namoro. Como resultado, o número de usuários do sexo feminino cresceu em pouco tempo.

Em nossa entrevista, Alessandra nos contou sobre seus segredos mais íntimos e também explicou como victormi***.com.br assumiu o mercado de namoro em apenas dois anos.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Uma denúncia de sequestro acabou revelando uma tentativa de golpe entre membros de uma família na cidade de Ruy Barbosa (a 320 km de Salvador). Matheus Meireles Macêdo, de 29 anos, foi preso na noite da quinta-feira, 9, suspeito de forjar o próprio sequestro para tirar meio milhão de reais (R$ 500 mil) do pai. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), tudo começou quando o pai procurou a polícia para denunciar o sequestro do filho. A partir daí, policiais militares e civis passaram a acompanhar a situação, fazendo buscas e monitorando os telefonemas com os pedidos de resgate.

A delegada titular de Ruy Barbosa, Cláudia Bensabach, informou à SSP-BA que, depois de oito horas do suposto sequestro, foi marcado um ponto na cidade para entregar o dinheiro pedido. Após investigação, a polícia chegou ao falso cativeiro e prendeu em flagrante Iago Alcântara de Macedo, 25, e Lucas Barbosa Ribeiro, o 'Lucas do Pulo do Bode', 29.

Notícias | postado por: Mascarenhas

O perfil no Twitter no presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi analisado pelo Fake Followers Audit, programa que identifica perfis falsos, inativos ou robôs seguindo uma conta, e o resultado foi que 60,9% dos seguidores do presidente são falsos. Este resultado não é completamente garantido, já que para realizar o cálculo, são escolhidos aleatoriamente 2 mil seguidores para serem observados, e a partir deles, gerar uma estimativa.

A empresa informa que a maioria dos perfis conta com até 30% de seguidores “fantasmas”, e que esta é uma preocupação das redes sociais. Em 2018, o Twitter excluiu cerca de 70 milhões de conta falsas ou suspeitas. As recomendações para identificar um perfil deste tipo são verificar se existem informações sobre o suposto dono da conta, como fotos de perfil, analisar se a escrita do usuário é engessada e repetitiva e observar se o perfil é completamente dedicado a um assunto. Metro 1

Notícias | postado por: Mascarenhas

Durante lançamento da nova edição do Estatuto da Criança e do Adolescente, a ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, classificou como "tara" os casos de pedofilia.

"O grande desafio hoje é a violência sexual contra a criança no Brasil. A cada momento é uma modalidade nova. Uma está me assustando: o abuso sexual de bebês no Brasil. Parece que, nos últimos cinco anos, desenvolveu-se uma tara no Brasil por bebês", afirmou.

A ministra ainda informou que o ministério vai implementar mudanças no Disque 100, número que recebe denúncias de abusos. Pré-título, aspeado Tvsaj. Imagem, Antonio Cruz, Ag. Brasil. Matéria, Metro 1

Notícias | postado por: Mascarenhas

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), defendeu o decreto da flexibilização do porte de armas, durante evento promovido pelo Instituto Plínio Corrêa do Oliveira (IPCO), em São Paulo, nesta quinta-feira (9). 

Eduardo comentou que não é papel do governo defender todas as pessoas e que também " não é papel da polícia defender a casa quando alguém entra lá, quanto alguém entra na sua casa, o primeiro responsável pelo combate é você". 

Durante seu discurso no evento, ele abordou o que chamou de "acadelamento" da sociedade. O deputado acredita que o desarmamento fez com que o cidadão terceirizasse suas responsabilidades para outros " como se fosse papel do governo defender todas as pessoas", segundo o Uol. 

O filho de Bolsonaro, ainda pediu aos presentes, apoio ao governo de Jair Bolsonaro e novamente mencionou o tema do decreto, " se morre tanto (e como porcos) em qualquer farol do país por conta do celular, porque o bandido só respeita o que ele teme".Foto reprodução O Globo. Bahia Notícas. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

A cantora Simaria, da dupla com Simone, falou sobre seu casamento com o marido Vicente, que é espanhol, em entrevista ao programa Pânico nesta terça-feira, 7, e afirmou que desde sua juventude já tinha planos de se casar com um estrangeiro.

"Meu marido é espanhol. Desde pequena eu já falava: 'vou casar com homem de fora do País, não vou casar com brasileiro, não'. Falavam que os caras daqui eram muito vagabundos, muito bandidos", afirmou Simaria.

Em seguida, a cantora continuou, em bom humor: "Não vou querer casar com homem pra ficar me botando chifre toda hora, não. Eu arranco logo a 'pingola' dele. Não brinca comigo, não, que você acorda sem a torneira, viu, meu amor?"

"Meu marido é da hora. O cara não pega no meu pé, eu uso a roupa que eu quero, vou pra onde eu quero, falo com todo mundo, faço amizade com homem, meu marido é massa. Eu também não pego no pé dele, não tem essas coisas lá em casa", elogiou Simaria.

Na sequência, a sertaneja relembrou uma experiência ruim de seu passado: "Eu tive um namorado aqui que era muito legal, mas eu ia na balada com ele e ficava me segurando, tinha um ódio daquilo. Não gosto que fique pegando no meu pé, odeio pressão. Deus me deu o cara certinho, é esse aí."

Questionada sobre os motivos de "gostar mais da Europa" em relação ao Brasil, Simaria respondeu: "Eu sou mais romântica. Acho lindo aquelas arquiteturas, os castelos, as construções, amo as comidas. A Espanha tem uma culinária incrível, a Itália também, Portugal..." A Tarde

Notícias | postado por: Mascarenhas

Agentes de trânsito, conselheiros tutelares, caminhoneiros e políticos eleitos não vão precisar comprovar 'efetiva necessidade' para transportar armas fora de casa.Um decreto do presidente Jair Bolsonaro publicado nesta quarta-feira (8) facilita o porte de arma para um conjunto de profissões, como advogados, caminhoneiros e políticos eleitos – desde o presidente da República até os vereadores. O direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa.

Um decreto do presidente Jair Bolsonaro publicado nesta quarta-feira (8) facilita o porte de arma para um conjunto de profissões, como advogados, caminhoneiros e políticos eleitos – desde o presidente da República até os vereadores. O direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa.

Notícias | postado por: Mascarenhas

No dia 14 de maio (terça-feira-feira), a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Administração e Planejamento, Secretaria de Saúde, Procuradoria Geral do Município e em parceria com o Ministério Público do Trabalho e o SINDISERV, realiza um ciclo de palestras para os servidores municipais com o tema: “Manutenção de um ambiente de trabalho moralmente sadio”. 

O evento será realizado no Centro Cultural, a partir das 18h, com três palestras: “Assédio moral no ambiente de trabalho – Normas legais”, ministrado pela advogada Rose Bulhões; “Boas práticas no ambiente de trabalho: prevenção ao assédio moral”, ministrada pela Doutora Carla de Quadros e “autoconhecimento profissional”, ministrado pelo Doutor Jorge Soares Fernandes dos Santos. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

Empresas familiares brasileiras estão mais otimistas com os negócios, mesmo diante das incertezas políticas e econômicas. A conclusão é do estudo “Retratos de família”, uma iniciativa da KPMG, em parceria com a Fundação Dom Cabral, que apresenta um panorama das práticas de governança e as perspectivas das empresas familiares brasileiras. O estudo será apresentado em Salvador, na terça-feira (7), no Quality Hotel, no bairro do Stiep, em Salvador, das 8h30 as 11h30. Promivido pela MPelagio Consultoria, o evento na capital baiana contará com a participação do curador da pesquisa Dalton Sardenberg, PhD, professor de Governança e Empresas Familiares da Fundação Dom Cabral. Os interessados podem se inscrever por meio do e-mail adriane@mpelagio.com.br ou pelo telefone (71) 3012-6214.

Em sua terceira edição, a pesquisa Retratos de Família traz dados e interpretações de resultados de 217 empresas familiares em 19 Estados do país, que participaram dividindo informações sobre as suas práticas de governança e seus anseios, expectativas e planos, dentro do contexto de uma empresa familiar. De acordo com os organizadores da pesquisa, dos participantes, 70% anunciam confiança em relação à situação econômica da empresa nos próximos três anos, apesar da incerteza política proveniente das eleições gerais no país e da própria situação econômica instável do Brasil.A Tarde

Notícias | postado por: Mascarenhas

Comer, dirigir, cumprimentar, abrir a porta e contar dinheiro são algumas das inúmeras atividades realizadas rotineiramente. Esses atos, no entanto, contribuem para a proliferação de vírus, bactérias e parasitas e, consequentemente, ajudam no surgimento de enfermidades como gripes, resfriados, conjuntivites e as típicas viroses. O que muita gente não sabe é que o simples hábito de higienizar as mãos reduz em até 40% o número de doenças, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), que alerta para este fato no Dia Mundial de Higienização das Mãos, em 05 de maio. Para a médica supervisora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) e infectologista do Hospital São Rafael (HSR), Camila Barcia, com o simples ato de utilizar água e sabão ainda é possível evitar problemas maiores, a exemplo da hepatite A e intoxicações alimentares.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Por Márcio Libar, Globo Esportes

Só havia dois caminhos possíveis para Neymar: a vitória ou o fracasso — Foto: EFE/ Guillaume Horcajuelo 

O “distúrbio emocional” de Neymar revela um comportamento que talvez seja o maior distúrbio psíquico de nossa sociedade atual.Para tentar entender a polêmica reação de Neymar, cabe um certo enfoque psicológico. Nosso cérebro límbico - responsável basicamente por controlar as emoções e as funções de aprendizado e de memória - se forma durante a infância e volta a se manifestar com toda a força na adolescência.
Emoções primitivas como raiva, medo, tristeza - que surgem diante da experiência de frustração, da ameaça à sobrevivência ou da supressão do prazer - são muito expressivas nessas duas fases da vida em que nosso cérebro ainda se encontra em processo de formação. A forma como os pais lidam com essa fase formará a base de nossas crenças e determinará o tipo de comportamento que teremos na fase adulta.
É comum ver crianças abrindo o berreiro quando sentem fome, frio ou quando são obrigados a sair da cama, a parar de brincar para tomar banho ou ir à escola. Ou seja, sempre que experimentam uma sensação de desprazer. Também é comum ver adolescentes se rebelando contra os pais, a escola e o sistema. Por incrível que possa parecer, isso é sinal de sanidade mental.


Enquete


PodCast