Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Celebrado o Dia da Mulher, pela OAB Subseção de S.A.JESUS

Por ANTONIO MASCARENHAS

Celebrado, nessa quinta-feira, 14, na sede da OAB Subseção de Santo Antonio de Jesus, o Dia da Mulher, num evento protagonizado por essa entidade e com participação do Núcleo de Proteção aos Direitos das Mulheres, Polícia Civil, Judiciário, Justiça do Trabalho, Conselho da Mulher, FACEMP e outras entidades. Um evento que se notabilizou, não apenas pela maciça participação mas, também, pela qualidade das explanações e serviços oferecidos.

PROGRAMAÇÃO PELA MANHÃ

Os trabalhos foram iniciados, logo pela manhã, com realização de atividades físicas (alongamentos e "fit dance") e oferecimento de um saboroso café da manhã. Logo em seguida, foram realizadas oficinas com automaquiagem, artesanato e apresentação da SUPERA (ginástica de cérebro) e outras atividades. Os visitantes também puderam visitar stands que foram instalados sob os equipamentos instalados pela TOLDOS FÁCIL.

PROGRAMAÇÃO À TARDE

Discussões Temáticas:

Logo após o almoço, iniciou-se a Mesa redonda com participação de autoridades e alunos da FACEMP, oportunidade em que foram explanados e discutidos temas como "Mulher e Trabalho" e "Violência Contra a Mulher". Dentre as personalidades presentes, além dos protagonistas, Dr. Adriano Balbino Júnior (Presidente da OAB Subseção de S.A.Jesus), Dr. Adriano Costa (Juiz do Trabalho na 1a. Vara, em Salvador), Kaíque Barbosa (advogado, procurador do município de Varzedo e, agora, integrante da  Comissão de Ensinos Jurídicos da OAB), Dr. João Gabriel, Dr. Edilson Magalhães (Coordenador da IV COORPIN), Dra. Renata Rocha (Juíza da 3a. Vara, em S.A.Jesus), Dra. Patrícia Aires (Delegada e Presidente do Núcleo de Proteção à Mulher), Profa. Adriana Freitas (Psicologia, FACEMP), Laiara Lacerda (profa. FACEMP) e Carmelita Nery (advogada e ex-Secretária Municpal de Educação), Dra. Cíntia e Jacilda, respectivamente, advogada dessa instituição e integrante dessa agremiação associativa e do Conselho da Mulher.

Também presentes no evento, Drs. Andressa Andrade (presidente da Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher, junto à OAB-SAJ) e Joanito Barbosa (ex-vereador e ex-vicve-prefeito; assessor jurídico do RECONVALE, tendo atuado como mestre de cerimônia), foto; Joelma Silva, Jairo dos Santos, Fernanda Martins, Dorothy Mary Nunes (também ex-presidente do Obsservatório Social e da Comissão OAB Mulher de 2015-18, em Santo Antonio de Jesus), Fernanda Graziella (especialista em Direio Penal), Lorena, Lucas, Walter Almeida (também professor junto à FACEMP) 

Coube ao presidente da OAB, Subseção de S.A.Jesus, Dr. Adriano Balbino Júnior, a abertura dos trabalhos, discorrendo, dentre outros aspectos, a importância das discussões em torno de um torno de uma temática que cresce bastante, principalmente no município de Santo Antonio de Jesus, no que tange  a luta em prol da garantia dos direitos da mulher e os resultados que estão sendo, paulatinamente, auferidos. 

Dr. Adriano Costa, por sua vez, com toda experiência angariada a frente da Justiça do Trabalho, onde desempenha suas atividades laborais, junto a 1a. Vara, em Salvador, dentre outros aspectos abordados, parabenizou a iniciativa da OAB. Destacou que muitos empresários não entendem que as mulheres têm as mesmas competências dos homens e que, por conta disso, praticam tratamentos diferenciados. Asseverou que sindicatos têm autonomia para propor ações contra discriminações de toda ordem. Enfatizou que perseguição, tratamento discriminatório, além do de caráter sexual, também é assédio. 

Dra Renata Rocha, juíza da 3a. vara Cível, em S.A.Jesus, discorreu sobre o quanto tem vivenciado em sua atuação nos plantões dos quais participa; parabenizou o trabalho realizado pro Dra. Patrícia Aires afrente do Núcleo de Proteção à Mulher e discorreu sobre toda uma prática escravista e desigual que sempre aconteceu ao longo da história. Asseverou que desigualdade e violência é uma realidade no seio da sociedade, razão pela qual é imperiosa a união de todos para que, paulatinamente, esses acintes sejam erradicados. 

Dra. Patrícia Aires, delegada de polícia civil e presidente do Núcleo de Proteção à Mulher discorreu sobre a criação do Núcleo em epígrafe e todo o apoio por parte do Coordenador Dr. Edilson Magalhães. Elencou tipos de violências praticados contra as mulheres,  de ordem física, psicológica, patrimonial, moral e sexual. Destacou como são feitos os atendimentos e encaminhamentos, dentre os quais, os que buscam medidas protetivas por parte do judiciário. 

Dr. Edilson Magalhães, Coordenador da IV COORPIN (Coordenação de Polícia do Interior) falou a respeito da iniciativa e o posterior sucesso da criação do Núcleo de Proteção aos Dirieots a Mulher, junto a essa coordenadoria, a ponto de outros municípios despertem interesse em contar com esse segmento que, em Santo Antonio de Jesus vem sendo muito bem conduzido por Dra. Patrícia Aires, delegada de polícia civil. Parabenizou à OAB pela iiciativa, assim com demais entidaes irmanadas nessa luta em prol da garantia dos direitos da mulher. 

Dr. Kaíque, advogado, procurador do município de Varzedo, professor junto à FACEMP e, agora, membro da Comissão de Ensinos Jurídicos da OAB, Subseção de S.A.Jesus, reportou-se à proposição do Senador Ângelo Coronel (BA), no sentido de acabar com a cota de participação das mulheres em 30% (composição partidária). Discorreu que justo no momento em que o fundo partidário passa a contemplar mulheres que participem dos partidos, ele, na contramão, tenciona, de forma sumária, barrara essa conquista. 

Dr. João Gabriel, advogado, também fazendo uso  da palavra, destacou que a formação familiar é de extrema importância para a formação cidadã, contribuindo de forma significante para o respeito mútuo entre homens e mulheres. Pontuou no sentido de que as mulheres precisam participar ativamente da política partidária, não necessariamente como candidatas a cargos eletivos, mas, também e principalmente, de discussões que tenham por escopo a adoção de providências junto aos órgãos competentes. 

Professora Adriana Freitas, psicóloga e professora da FACEMP, destacou que as agressões psicológicas são as mais difíceis de serem identificadas. Lidar com esteriótipos de que "mulheres sofrem porque querem", é sempre difícil e requer reflexões por parte da sociedade. Afirmou que é preciso coragem, não apenas por parte das mulheres que sofrem discriminações e violências, mas, também, por parte de segmentos da sociedade. 

Lucianna  Barbosa, em sua fala, externou que antes do feminicídio, há todo um ciclo percorrido. A vítima, na maioria dos casos, vivencia toda uma realidade, aprisionando, em si mesma, toda uma frustação, diante do receito de denunciar e acabar sofrendo revés. Sinaliza que é preciso uma rede de apoio às mulheres a partido do poder público e engajamento de toda a sociedade, de maneira que a violência seja contida. 

APRESENTAÇÕES

Logo após o encerramento da mesa redonda, os participantes foram contemplado com bela apresentação de bailarinas que, com graciosidade e sincronia rítimica, mostraram bela performance, arrancando aplausos. Uma apresentação que teve por escopo mostrar, não apenas belos movimentos mas, também, levar às pessoas a desenvolverem olhares mais românticos, artísticos diante de mulheres que têm muito mais que curvas: a pureza que contagia a todos.

Coube à cantora santantoniese Maéve, detentora de uma das mais belas vozes da região, a execução de músicas da Música Popular Brasileira. Ela que tem sido bastante requisitada para participação em grandes eventos. Eclética, ela “brinca” com as cordas, levando aos dedos, a sutileza com que, simultaneamente, emite sua voz.

COMISSÃO DE ENSINOS JURÍDICOS

Logo após a bela apresentação das bailarinas, a OAB, através do seu presidente, Dr.Adriano Balbino e Dra. Fernanda,  anunciou a formação da Comissão de Ensinos Jurídicos, com os seguintes nomes: advogados Kaíque Barbosa (Presidente), Aline Passos (vice), João Gabriel, Carly Chesma, Jaqueline Póvoas, Márcia Nunes, Gabriel Rezende. Eles que, dentre outras atividades, contribuirão para orientações aos jovens advogados que estão sendo colocados à disposição da população, na prestação de serviços. Representando a imprensa, a TVSAJ.COM.BR (Mascarenhas) e Edy Lima (Jornal Regional). Fotos, Antonio Mascarenhas. Veja todas as fotos através do link FOTOS, no topo do site. Publicaremos entrevistas no decorrer da semana. 

 

 

 

 

 


Categorias

Bahia Curiosidades Eventos Justiça Mulher Polícia Política Recôncavo

Enquete


PodCast